Logo

Docentes e colaborador da Uniara sugerem alternativas para quem não gosta de carnaval

Assessoria de Imprensa UNIARA | 08.02.2018 | 09:00

Carnaval é uma comemoração que boa parte dos brasileiros – talvez a maioria - aprecia. No entanto, existem aqueles que querem distância da folia e planejam passar o feriadão com tranquilidade. Para esse público, a coordenadora do Mestrado em Educação: Processos de Ensino, Gestão e Inovação da Universidade de Araraquara – Uniara, Dirce Charara Monteiro, o cinegrafista e editor da TV Uniara, Fagner Pereira, e a coordenadora do Núcleo de Atividades Turísticas - NAT da instituição, Nádia Pizzolitto, dão dicas de alternativas para quem foge dos bailes carnavalescos.

 

Leitura

Para o público infanto-juvenil, Dirce recomenda o livro “Abrindo Caminho”, da autora Ana Maria Machado. “Trata-se de uma intertextualidade que aborda Tom Jobim e outros autores”, explica.

Para os adultos, a sugestão da docente é a obra “Por que fazemos o que fazemos?”, de Mario Sérgio Cortella.

 

Audiovisual

“Minha dica é o seriado ‘The Blacklist’ (Lista Negra), sendo que inclusive duas temporadas foram exibidas na tv aberta. É uma das séries de ação que gosto de ver. A trama é sobre um ex-agente do governo,  Raymond ‘Red’ Reddington, que passou a ser o homem mais procurado pelo FBI. Após ficar desaparecido por décadas e fazer acordos obscuros pelo mundo, ele se entrega e faz uma oferta: fornecer uma lista com os nomes dos moires criminosos do planeta, com a condição de que isso aconteça por meio de uma funcionária do FBI, Elizabeth Keen. Red a ensinará a pensar como uma criminosa e a enxergar além das aparências”, resume Pereira.

Ele lembra que ‘The Blacklist’ é transmitida originalmente pelo canal norte-americano NBC, e teve sua quarta temporada exibida em 2016. “Na Netflix, são três temporadas disponíveis, com 67 episódios.  A série também pode ser vista na AXN, TNT Series e na internet, em vários canais”, diz.

 

Turismo

Por sua vez, Nádia comenta que, se a ideia é descansar, vale a pena curtir a área verde de Araraquara. “No centro, está localizado o Parque Infantil. É um privilégio para o município ter aquele espaço natural. Além da extensa área verde, com os coqueiros-babaçus que o cercam, e das atividades que ali são realizadas, existem as impressionantes pegadas de dinossauros concentradas nas calçadas. É um passeio que vale a pena”, indica.

Para quem gosta de caminhar, a sugestão da coordenadora é a rua Voluntários da Pátria (rua 5), o Boulevard dos Oitis. “São dez quarteirões de tombamento, sendo que os oitis - mudas trazidas do Rio de Janeiro na década de 1930 - seguem uma poda obrigatória, formando um espetacular túnel verde. Além disso, tem o charme dos paralelepípedos. É nessa rua que se encontra o Museu a Céu Aberto, que conta com mais pegadas de dinossauros que também podemos encontrar nas calçadas. No meio do passeio, ainda encontra-se a Praça da Independência, antiga Praça da Forca, a mais arborizada da cidade, localizada na região central, com uma diversificada área verde”, detalha.

Porém, se a ideia é viajar, Analândia é uma das opções apontadas por Nádia. “Está a aproximadamente a noventa quilômetros de Araraquara. É uma cidade cuja maior motivação são os atrativos naturais, atendendo a diversos perfis de público, devido tanto aos passeios quanto aos meios de hospedagem”, destaca.

Brotas não poderia ficar de fora. “Tradicional pelo seu turismo de aventura, atrai visitantes de todo o Brasil. A aproximadamente 110 quilômetros de Araraquara, tem um grande potencial e atividades turísticas para toda a família”, diz a coordenadora.

Se houver disponibilidade de ir um pouco mais longe, ela sugere Águas de São Pedro, “uma estância turística conhecida também por cidade-saúde”. “Está distante aproximadamente 150 quilômetros da Morada do Sol. É um local que vale a pena visitar, seja apenas para passar o dia ou para aproveitar todo o feriado. Suas águas e seu clima despertam o interesse da visitação. Uma cidade que atende variadas demandas, pois tem atividades para todos os interessados”, finaliza.

Conecte-se

com ANUP

Redes Sociais

Brasília-DF

Tel: +55 61 3248.3091
faleconosco@anup.org.br

Visite as redes sociais da ANUP