Logo

Provas ocorrerão em menos de um mês; estudantes devem ter atenção

Assessoria de Comunicação Social - MEC | 09.10.2017 | 09:00

Contagem regressiva para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017: falta menos de um mês para o início da aplicação das provas, marcadas para os dias 5 e 12 de novembro. Os candidatos inscritos precisam lembrar de verificar o cartão de confirmação da inscrição, que será liberado para impressão no dia 20 deste mês e pode ser acessado pela página do exame.
O aluno deve informar seu CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição para ter acesso ao cartão de confirmação. Constam do documento o número de inscrição, a data das provas, locais e horários (abertura dos portões às 12h, fechamento às 13h e início dos testes às 13h30, no horário de Brasília). No cartão também é informado se o estudante pediu atendimento especializado e ou específico e qual foi sua opção de língua estrangeira – inglês ou espanhol.

Novidades

A edição deste ano tem várias novidades. A primeira delas é a realização do exame em dois domingos consecutivos. No primeiro dia, os estudantes terão cinco horas e meia para resolver as provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, quatro horas e meia para matemática e ciências da natureza. Até o ano passado, o Enem era realizado em um sábado e um domingo, no mesmo fim de semana. A prova de redação era aplicada no segundo dia do exame.
Outra mudança é que, a partir deste ano, o Enem não poderá ser usado para certificação do ensino médio. A função volta a ser do Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja). Nesta edição, também estará disponível um novo recurso de acessibilidade para pessoas surdas ou com deficiência auditiva: a videoprova traduzida em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Segurança 

Dois recursos de segurança passarão a ser utilizados no Enem 2017. Um deles é a prova personalizada com nome e número de inscrição do participante. O outro se refere aos detectores de ponto eletrônico, novidade que foi apresentada na última semana, durante o Encontro Nacional para Alinhamento Operacional do Enem 2017, em São Paulo.
Trata-se de um receptor avançado de detecção de campo próximo, capaz de captar a emissão de sinais em radiofrequência de wifi, bluetooth, celulares e transmissões ilegais. O aparelho Andre, da marca Rei, fornecido pelo grupo Berkana, detecta transmissões de radiofrequência, independentemente de serem desconhecidas, ilegais, disruptivas ou de interferência.
O recurso será usado para localizar e identificar, com precisão e sem a necessidade de busca pessoal, participantes que tentarem usar pontos eletrônicos ou aparelhos de transmissão e que, eventualmente, possam ter burlado a inspeção por meio dos detectores de metal. A adoção dessa nova tecnologia reforça a estratégia de segurança do Enem, que já utiliza detectores de metais para a fiscalização e identificação de aparelhos eletrônicos. Os detectores são usados desde 2014 de forma amostral e estarão presentes em todas as 13.620 coordenações de aplicação do Enem 2017.

Conecte-se

com ANUP

Redes Sociais

Brasília-DF

Tel: +55 61 3248.3091
faleconosco@anup.org.br

Visite as redes sociais da ANUP